O que está em alta

domingo, 7 de abril de 2019

Principais males causados pela tecnologia

Postura errada e uso excessivo levam a doenças de coluna e articulações, além de danos à saúde mental. Principais males:

Saúde física:
 - Olho: instabilidade da lágrima, ardência, irritação, sensação de areia nos olhos, dificuldade para ficar em lugares com ar condicionado.

- Distúrbios do sono: a má qualidade do sono pode causar diminuição de motivação, concentração e memória, alteração do humor.

- Fadiga: cansaço físico e mental gerado por esforço intenso ou contínuo.

- Obesidade e sedentarismo: aumento de ingestão de alimentos calóricos doces,salgadinhos,lanches e a redução de nutrientes como frutas e verdura, associados à atividade física.

- Crises convulsivas: as luzes coloridas das telas de jogos podem desencadear crises por causa do estímulo visual repetitivo.

- Exaustão: Estresse muito elevado que pode funcionar como gatilho para um ataque cardíaco.

- Problemas ortopédicos: pode desencadear dores que espalham pelos ombros e região lombar, causando dor e limitação de movimentos, atingindo também braços e pernas.

- Problemas circulatórios:  relaxados os músculos não estimulam o fluxo sanguíneo corretamente provocando a formação de coágulos.

Saúde emocional: 
- Ansiedade:  intensa ansiedade  diante de situações  de interação social ou realização de atividades sob a observação de outras pessoas.

- Depressão: conjunto de sintomas como tristeza, desânimo, fadiga, lentidão, baixo estima, insônia, isolamento social, diminuição do interesse sexual e do apetite.

- Irritabilidade:  reação de forma excessiva,  até mesmo com agressão verbal ou física em determinadas situações.

- Déficit de atenção e hiperatividade: desatenção, hiperatividade e impulsividade, ocorrendo em um grau que seja prejudicial e em maior intensidade do que na maioria das pessoas.

sexta-feira, 1 de março de 2019

Cuidados da coluna na infância


Um dos principais problemas das crianças são as alterações posturais.
Grande parte dos casos de desvios posturais em adultos tem origem na infância e no fato de seus pais, professores e responsáveis não terem dado a devida importância ao modo como elas se sentavam, caminhavam e mesmo à sua posição enquanto dormiam.

Há inúmeras situações que afetam a coluna:
- Cuidado com as mochilas: peso, sempre apoia-la nos dois ombros dividindo o peso.
- Postura no computador e ao se sentar: manter a coluna ereta e o pescoço reto.
- Ao deitar-se na cama: evitar ficar de bruços. De preferência ficar de lado ou de barriga para cima e ao levantar apoie-se nos braços.

Essas são algumas situações comuns na vida do estudante que se não forem corrigidos podem resultar em lesões e dores na coluna, comprometendo a saúde, a qualidade de vida e ainda provocando alterações posturais.

 Além do sedentarismo da postura e da movimentação incorreta, outros fatores que prejudicam a coluna:
- Posição em pé: sempre com as duas pernas na mesma posição (equilíbrio nas duas pernas), evitar alterna-las.
- Não levantar bruscamente.
- Evite permanecer parado por muito tempo na mesma posição.
- Fumantes sofrem mais frequentemente de lombalgia porque inalam substancias que afetam a circulação sanguínea nos discos intervertebrais. A nicotina enfraquece os ossos aumentando o risco de osteoporose.

Outro fator muito importante é a alta incidência de obesidade em crianças e adolescentes. Causando uma alteração mecânica na formação da coluna vertebral e ainda interferindo na vida.

Alimentar demais a criança seria um mecanismo inconsciente dos pais para suprir a dificuldade em demostrar amor ao filho. Essa associação passa tende a ser mantida na fase adulta quando a pessoa passa a comer muito para aliviar o estresse, depressão e a ansiedade.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Ponto gatilho (Trigger Points)

Em qualquer situação de dor alguns pontos no corpo ficam tensionados, é um pequeno nódulo formando o que chamamos de ponto gatilho.
 
Ponto Gatilho  são nós nos músculos, que  são pontos sensíveis de  tecido mole. A irritação gera tensão  nessa  pequena  região, fazendo com  que a musculatura fique tensionada e poderão ser doloridos apenas ao toque. 

Podem  variar  em tamanho, desde  uma pequena elevação até um grande inchaço.

O que podem gerar: alongamento excessivos, movimentos repetitivos, movimentos bruscos rápidos, quedas, inflamação, estresse físico ou emocional, alterações posturais, fadiga muscular, hipertensão e deficiências nutricionais assim como as tensões do dia-a-dia.

Manifestam-se através de sinais clássicos que incluem algias  (dor num órgão ou região sem alterações anatômicas visíveis que justifiquem a dor) que podem ou não irradiar para outras áreas, fraqueza muscular,  e perda da amplitude de movimento (é o movimento completo e normal que uma articulação tem a capacidade de realizar) e o encurtamento muscular podem vir acompanhados de dor ou áreas de dormência. 

Os músculos mais frequentemente afetados por pontos gatilhos ativos são os posturais do pescoço, ombro, cintura pélvica e da mastigação.

A massagem sobre os pontos gatilho estimulam terminações nervosas que geram relaxamento muscular reflexo, aumentam a circulação. A estimulação na massagem pode ser feita por meio da pressão, posicionamento adequado e alongamento muscular.

Prevenção:
- Correção e manutenção da postura, no trabalho e em casa, até mesmo no andar. Necessário à nossa observação em relação ao posicionamento correto.
- Prática regular de exercício; por questão de relaxamento corporal, melhorando a flexibilidade
- Reeducação Postural: Alongamento dos músculos responsáveis pela alteração postural.

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Má circulação nas pernas

Atinge principalmente idosos e mulheres, especialmente aquelas que estão grávidas ou que usam pílula anticoncepcional, mas pode afetar pessoas de todas as idades e pode ser causada por doenças.

Não é um problema de saúde, mas indica que algo está errado e que pode existir alguma doença ou condição em desenvolvimento no corpo. Na maioria dos casos, o que causa são condições como obesidade, diabetes, problemas cardíacos, problemas arteriais, hipertensão e colesterol alto.

Geralmente são provocadas pelo acúmulo de líquidos, devido à má circulação e também por inflamações devido a pancadas

É comum o inchaço das pernas em épocas de calor, como no verão, melhorando nas épocas de temperaturas mais amenas.

Tratamento:
- Prática regular de atividade física (exercícios: caminhar e extensão de pernas).
- Usar roupas e calçados leves.
- Evitando a obesidade ou o sobrepeso.
- Evitar ficar muito tempo de pé, parado na mesma posição ou sentado com as pernas cruzadas, isso dificulta o trabalho das veias das pernas para transportar o sangue de volta para o coração e, por isso, o sangue acumula-se nas pernas, aumentando o inchaço.
- Alterações na dieta, aumentando o consumo de alimentos ricos em vitamina C e antioxidantes.
- Beber água: ajuda a deixar todo o seu organismo mais saudável, melhorando inclusive a saúde das artérias e veias do sistema circulatório.

Dicas:
- Compressa com vinagre de maçã irá reduzir o inchaço e desconforto nas pernas, assim como irá ajudar a reduzir a inflamação. As varizes ocorrem devido a um inchaço das veias, o que acontece devido a uma má circulação do sangue que aumenta a pressão nas paredes das veias e as deforma.
A massagem: ajuda a estimular a circulação, alivia a pressão nas pernas, dor no tornozelo, ativa o suprimento de sangue, reduzir a retenção de líquidos, alivia a incidência de varizes, eliminar as toxinas e aumenta a temperatura dos tecidos das pernas, melhorando assim a nossa condição física.

OBS: parar de fumar e de consumir bebidas alcoólicas melhorar a saúde dos vasos sanguíneos e reduz o inchaço nas pernas.
IMPORTANTE: Se persistir indicado a procurar um médico para identificar a causa do problema e realizar o tratamento mais adequado.