O que está em alta

sábado, 1 de agosto de 2015

Quiropraxia

Termo quiroprática ou quiropraxia, método terapêutico criado pelo Dr. Daniel David Palmer originaram da união dos radicais gregos.

Queiros = mão   +   practica = prática
Queiros = mão   +   práxis = execução ou prática
Definição: “ prática com as mãos “

Considerada como uma técnica manual de ajuste das articulações ósseas da coluna vertebral. Ao conduzir as vértebras à sua posição original, é restabelecida a transmissão dos impulsos nervosos ocorrendo a recuperação da saúde e do bem estar.
Baseia-se nos conhecimentos de anatomia e fisiologia da coluna vertebral e do sistema nervoso.

O sistema nervoso controla e integra as várias atividades do corpo, permitindo a reação e adaptação do corpo ás contínuas alterações nos meios ambientes internos e externos.
Em estado de saúde a normalidade de todas as funções são garantidas pela condução dos impulsos nervosos através dos nervos.
Qualquer tipo de pressão sobre um nervo altera a capacidade de transmissão dos impulsos nervosos, ocasionando disfunções.

Para execução das manobras de correção é preciso determinar com exatidão:
Local do desvio, grau de desvio, a direção do desvio e realizar as manipulações adequadas para cada tipo de desvio.

Energização no tratamento:
A aplicação de energia em pontos específicos do corpo é um complemento ao tratamento quiroprático. O objetivo é proporcionar equilíbrio energético necessário para a recuperação do paciente.
O diferencial no tratamento da quiriopraxia com energização está na força necessária para a realização das manobras, por conta da energização, a força utilizada é menor em relação à manobra quiroprática tradicional.
Os pontos de aplicação de energia, o tempo e o número de sessões dependem da necessidade de cada um.

IMPORTANTE: o conhecimento das disfunções relacionadas ás subluxações vertebrais não dispensa o diagnóstico e o acompanhamento médico.

Subluxação: é o deslocamento da vértebra de sua posição original.