O que está em alta

domingo, 1 de janeiro de 2017

Fibromialgia


É uma doença crônica com uma evolução que vai alternando períodos de ora melhora e ora períodos de grande crise, onde a medicação é fundamental.


Os surgimentos dos sintomas estão relacionados a uma condição de um estresse físico e/ou psicológico.

Seus sintomas são: dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões.

E outras manifestações são:
-  fadiga, distúrbios do sono, distúrbios emocionais, dores de cabeça, depressão e ansiedade.
- sensação de formigamento, inchaço nas mãos e pés, pernas e braços pesados, principalmente ao levantar da cama assim como ocasionar rigidez muscular. 

Também sente a sensação de falta de energia e dificuldade de concentração.

Esta enfermidade tem difícil diagnóstico médico, não existem testes laboratoriais que possam realizar o diagnóstico.

As medidas preventivas são:
 - Seguir uma alimentação balanceada;
 - Evitar álcool, cigarros;
 - Evitar o consumo de café antes de dormir;
 - Manter uma boa rotina de descanso, dormir o suficiente (08 horas) para estar descansado no dia seguinte e para melhorar a qualidade de sua saúde;
 - Controlar e procurar reduzir o estresse diário.


Importante:
A massagem (terapia) ajuda muito no tratamento; no fortalecimento da musculatura, estrutura psicológica e emocional. Melhorando a qualidade da saúde e mantendo o controle da enfermidade. 

Procurar entender o que é a doença; tirar e acabar com pensamentos negativos, isso ajuda muito a combater os sintomas. Deve encorajar-se e vencer a indisposição.

Exercícios físicos (caminhada, alongamento) melhoram a qualidade de vida e diminuem a intensidade das dores e a sensação de cansaço.

A longo prazo e com muita força de vontade, a maioria dos pacientes com fibromialgia melhoram dos seus sintomas e conseguem manter uma vida ativa e com qualidade.