O que está em alta

domingo, 1 de novembro de 2015

Câimbra Muscular


Dolorosas e repentinas, as contrações involuntárias em um ou mais músculos são conhecidas como câimbras. O problema acontece geralmente nos membros inferiores, deixando os músculos e tendões visivelmente rígidos.


Uma caibra pode começar durante a atividade física, no repouso e até durante o sono.  Ela funciona como um termômetro que mede o equilíbrio de água e nutrientes no nosso organismo. 
Embora possa acontecer em outras partes do corpo, a caibra atinge mais os dedos e toda a superfície dos pés e  panturrilha em função do desgaste maior que estas áreas sofrem. Como são regiões em constante movimento acabam perdendo seus nutrientes com maior rapidez.

As principais causas do problema: prática exagerada de esportes, má circulação, desidratação e deficiência de potássio, cálcio e magnésio. A falta de condicionamento físico e a fadiga  também pode ser responsável pelas caibras e outras lesões musculares.

Causas: Estreitamento das artérias, compressão do nervo, deficiência de potássio de cálcio ou magnésio, uso de medicamentos diuréticos, diabetes, doenças neurológicas, doença do fígado, distúrbios da tireoide e o Alcoolismo.
Para evitar que os músculos fiquem contraídos manter o corpo hidratado e apostar em alimentos ricos em cálcio, potássio e magnésio. Outra maneira de evitar a câimbra é fazer um breve alongamento aproximadamente 15 minutos antes de dormir e antes e depois das atividades físicas.

Na hora da dor repentina massagear a área afetada com movimentos circulares para relaxar o músculo e aliviar a dor. 
Se a rigidez dos músculos acometer a perna, o ideal é ficar em pé e colocar o peso sobre a perna acometida e dobrar os joelhos para facilitar o estiramento dos músculos. Se não for possível ficar em pé, o indicado é esticar a perna e puxar os pés para trás com ajuda das mãos.

Cuidados para prevenir:

• Ingerir líquidos adequadamente
• Usar calçados adequados e confortáveis 
• Se você pratica atividade física, tomar bebidas isotônicas
• Alongar / aquecer a musculatura antes de iniciar a atividade física
• Respeitar seu limite físico para não causar dores por exaustão
• Tenha uma dieta equilibrada

Alimentos: O arroz integral, a castanha do Pará, o levedo de cerveja, o amendoim e a aveia são alimentos que curam a câimbra por serem ricos em Tiamina (vitamina capaz de prevenir o surgimento de dores musculares).

É importante ainda o consumo de alimentos ricos em magnésio, potássio, sódio e cálcio, de forma equilibrada, para garantir uma ótima contração muscular e assim diminuir a incidência das câimbras.

Importante
Procurar ajuda médica se as dores persistirem por muito tempo

2 comentários:

  1. Sensei ! como havia lhe dito antes, este seu post foi excelente pra mim, e tenho certeza irá ajudar muitas pessoas que não entendiam o como surgia a caimbra.
    admito que tinha uma visão bem errada dela. obrigado pelos ensinamentos

    ResponderExcluir
  2. Sensei ! como havia lhe dito antes, este seu post foi excelente pra mim, e tenho certeza irá ajudar muitas pessoas que não entendiam o como surgia a caimbra.
    admito que tinha uma visão bem errada dela. obrigado pelos ensinamentos

    ResponderExcluir